Dentro de uma igreja

SEMINÁRIO PASTORAL

Etimologicamente, a palavra seminário vem do latim seminarium, derivado de semen, seminis, isto é, “semente”. Seu sentido primeiro era o de viveiro de plantas, uma sementeira. No entanto, logo deixou de caber no campo semântico da agricultura e passou a ser empregado com dois sentidos figurados principais: como sinônimo de escola e para designar a origem de algum fenômeno. Nos dois casos percebe-se a ideia da semente como metáfora – na acepção escolar, dos próprios alunos cujo intelecto havia que fazer germinar; na outra, de causa.

No contexto religioso, um seminário constitui-se de uma instituição onde se formam os eclesiásticos. 

Fonte: Dicionários Houaiss; Saraiva.

PROGRAMA DE ESTUDOS

DIMENSÕES

FORMATIVAS

Dimensão humano-afetiva

Dimensão comunitária

Dimensão espiritual

Dimensão pastoral

Dimensão litúrgica

 

 

 

Dimensão intelectual

PROGRAMA DE ESTUDOS

De forma sistemática, os estudos no Seminário compreendem o seguinte Programa:

     Propedêutico

       - Introdução à Ortodoxia

       - Oração e Vida Espiritual

       - Arte Sacra 

       - O Credo

       - Introdução à Filosofia

      1ª etapa

        - História da Igreja

        - Ortodoxia Ocidental

        - Teologia Sacramental

        - Patrística

      2ª etapa

        - Exegese​

        - Dogmática

        - Antropologia cristã

        - Liturgia

     3ª etapa

        - ​Ética

        - Ecumenismo

        - Eclesiologia

        - Igreja no Brasil e na Amazônia

Longe de ser uma instituição educacional formal, nosso Seminário visa a formação dos vocacionados à vida consagrada e às Sagradas Ordens para a Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica em nossa Fraternidade, sob a jurisdição e a proteção espiritual da Igreja Ortodoxa da Gália no Brasil. 

Não se constitui de um curso livre, nem mesmo teológico, mas religioso e pastoral, ou seja, forma pessoas para conduzirem, guiarem e acompanharem outras no caminho da Salvação. Na realidade, este caminho é trilhado em conjunto, em comunidade, por isso as pessoas que sentem-se vocacionadas à vida consagrada, seminaristas e clero estão inseridos em uma comunidade viva, atuante, contemplativa e ativa. 

Ninguém torna-se religioso, diácono ou presbítero para si, mas para servir à comunidade e para a edificação da Igreja de Cristo (1 Cor. 14,12). Os dons são para o serviço ao outro e à comunidade.

Nesse sentido, as pessoas que passam a congregar em nossa Fraternidade e demonstram interesse em dedicar-se de forma mais estrita à Igreja, passam por um acompanhamento vocacional visando contribuir para seu discernimento. Esse processo ocorre ao longo da convivência na comunidade, na participação das atividades religiosas, formativas e caritativas, bem como por meio de conversas, diálogos e estudos dirigidos que visam burilar tal chamado. 

Na continuidade do caminho, quem se sente vocacionado, solteiro ou casado, é inserido nos estudos específicos para a vida consagrada. Dessa forma, damos continuidade à prática apostólica de enviar irmãos para realizarem um ministério especial servindo aos demais (Atos 6, 2-6). 

Caso o irmão desejar prosseguir no seu caminho vocacional, após a aprovação pela comunidade, pode ser admitido à consagração de sua vida, e posteriormente à recepção das Sagradas Ordens. E uma vez que qualquer consagração e ordenação exigem o consentimento da comunidade, em um determinado momento do serviço a congregação reunida proclama "Áxios!" (Ele é digno!), mostrando a sua aprovação.

O acompanhamento vocacional, o acolhimento da consagração à vida religiosa, a admissão às Sagradas Ordens bem como a ordenação propriamente dita, ocorre de forma livre e consciente de seus compromissos com e para a comunidade. 

Para maiores informações, entre em contato com nosso setor vocacional. 

DIMENSÕES

FORMATIVAS

Dimensão humano-afetiva

Dimensão comunitária

Dimensão espiritual

Dimensão pastoral

Dimensão litúrgica

 

 

 

Dimensão intelectual

“Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos.”

(Jo. 13,35)

Com base em nossas Dimensões Formativas (Dimensões Antropológico-Teológicas), os irmãos e irmãs vão construindo um caminho de consagração de suas vidas inteiramente ao anúncio do Evangelho. Este caminho é marcado por uma vida de oração (Sl. 37, 7), de comunidade (At 2, 42), de estudo (1Tm. 4, 15) e de apostolado (Jo. 13, 35), e conta com o acompanhamento de um Pai ou Mãe Espiritual que terá por missão nutrir espiritualmente o irmão e a irmã, tomando cuidado da sua alma. 

Em nossa Fraternidade todas as pessoas têm espaço e nela são acolhidas, ouvidas, acompanhadas e incentivadas a desenvolver suas potencialidades, seus dons e seus projetos, iluminadas e conduzidas pelo Espírito de Deus. 

Sem críticas, preconceitos ou exigências, venha do jeito que você está!

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.